Notícias

A importância do Psicólogo no tratamento da ansiedade

A ansiedade é um sentimento normal na vida de todos nós. Em um nível controlado, ela é considerada saudável — o medo nos ajuda a evitar comportamentos impulsivos, por exemplo. Entretanto, quando entra em um nível preocupante, é hora de contar com um psicólogo no tratamento da ansiedade.

Mas como saber se a sua ansiedade passou dos limites? E como a terapia pode ajudar você a controlar esse sentimento? Acompanhe as informações deste post e esclareça suas dúvidas!

Como reconhecer a ansiedade excessiva?

Sentir-se preocupada diante de uma apresentação importante no trabalho ou ficar com medo em uma situação que você nunca viveu são sensações comuns. A ansiedade não pode ser totalmente extinta, pois ela cumpre função importante na nossa vida.

Pense por este lado: a preocupação ajuda você a antecipar problemas e se preparar melhor para a reunião na empresa, por exemplo. O problema é quando acontece o contrário e o medo te paralisa, diminuindo seu rendimento no trabalho. Isso pode ser um sinal de que a ansiedade ultrapassou o normal.

É muito difícil controlar esse sentimento sozinha, por isso, não deixe de procurar ajuda profissional. Para reconhecer a necessidade, fique atenta a alguns sinais:

  • Sentimentos frequentes de inadequação;
  • preocupação excessiva;
  • medo desproporcional ao perigo real da situação;
  • dificuldade para realizar as atividades diárias;
  • problemas no sono;
  • agitação e irritabilidade;
  • dores de cabeça e no corpo;
  • crises de taquicardia e falta de ar;
  • ataques de pânico.
Por que procurar o psicólogo no tratamento da ansiedade?

Se você se identificou com os sintomas acima e sente que está mais difícil lidar com os próprios sentimentos, saiba que a terapia é a intervenção mais eficaz para melhorar a ansiedade. Veja no que o psicólogo pode ajudar:

Facilita a tomada de consciência

Na maioria das vezes a pessoa não consegue avaliar a própria ansiedade sozinha. Com a ajuda do terapeuta é possível entrar em contato consigo mesma e entender as raízes e os desdobramentos do problema.

Ao tratar o assunto na terapia, você o entende melhor. Vai conseguir perceber o que alimenta a sua ansiedade, identificar as possíveis causas e reconhecer as emoções e comportamentos que vêm dificultando a sua vida. Aumentar o autoconhecimento é o primeiro passo para ficar bem.

Ensina técnicas de controle

Também é papel do psicólogo orientar você sobre estratégias que ajudam a controlar o sentimento de ansiedade. A metacognição, uma técnica de refletir sobre os próprios pensamentos, é muito interessante para esses casos.

Além disso, algumas técnicas de relaxamento, como a respiração diafragmática, também são eficientes para controlar a ansiedade. Com as intervenções do psicólogo, você se capacita para intervir em si mesma e controlar as crises.

Estimula novos comportamentos

Por fim, a terapia também atua modificando a sua forma de agir no mundo: depois que você entende melhor o que está passando e desenvolve técnicas de controle emocional, fica mais fácil identificar e mudar os comportamentos que mantém a sua ansiedade em alta.

Atenção: não existem dicas gerais para modificar comportamentos ansiosos. A forma como você vive a sua ansiedade não é igual a de outras pessoas. Por isso, a terapia é fundamental para entender o que acontece na sua vida e saber o que precisa ser mudado.

A intervenção de um psicólogo no tratamento da ansiedade é fundamental para superar os sintomas e recuperar sua saúde. Se você vivencia os sintomas apresentados aqui, não tente controlar sozinha, procure a ajuda de um profissional qualificado.

 

FONTE: PSICOLOGIAVIVA

Em 2 de Maio de 2018 por admin