Notícias

Você sabia que a alimentação interfere diretamente na qualidade do sono?

Atualmente, dormir é uma tarefa mais difícil. Estamos mais expostos ao estresse, trabalho excessivo e aquelas preocupações com quase tudo, menos com a alimentação adequada. Nos dias de hoje, é comum encontrar quem se gaba de dormir menos que todo mundo, que se orgulha viver pelo trabalho. Entretanto, tudo tem limites.

Para render bem, também é necessário descansar. O sono restaurador traz diversos benefícios fundamentais ao organismo, que passam pelo amadurecimento do sistema nervoso central, reparação de danos celulares, fortalecimento do sistema imunológico, consolidação da memória e do aprendizado.

Você sabe o que é o triptofano?

Vale a pena aprender a pronunciar esse nome difícil, pois se trata de um aminoácido essencial que nosso corpo não é capaz de produzir naturalmente. Por isso, precisamos ingeri-lo na alimentação. Entre suas diversas atribuições, a substância está ligada ao controle de importantes mecanismos fisiológicos – e o principal é a influência na qualidade do sono

Isso acontece porque a melatonina (hormônio do sono), bem como a serotonina (hormônio do relaxamento e bem-estar), são produzidas a partir do triptofano.

Sabe aquela vontade de comer um pãozinho ou um docinho no final da tarde, que dá principalmente nas mulheres? Deve-se a uma baixa no nível de serotonina, que acontece nesse período. O cérebro sabe que os carboidratos são a base da formação da serotonina, entretanto, é importante buscar alimentos ricos em triptofano para que a sensação de saciedade dure mais tempo.

A falta de triptofano pode se transformar naquele diabinho do lado direito do ombro, que, a cada oportunidade, sugere dar aquela escapadinha do planejamento nutricional. Entretanto, nada disso acontece se a dieta é baseada no consumo de alimentos ricos neste aminoácido.

Basta conhecer melhor e consumir mais triptofano no dia a dia, especialmente antes de dormir:

  • Aveia
  • Grãos Integrais, biscoitos e massas integrais
  • Frutas oleaginosas – Nozes, castanhas
  • Mel
  • Frutas secas
  • banana
  • Abacate
  • Ovos
  • Sementes de gergelim e de girassol

Agende agora mesmo sua consulta com uma das nutricionistas do Hospital ITACOR (86) 2106-7800.

FONTE: Nutrieasy

Em 27 de Fevereiro de 2018 por admin